Teste do Pezinho: atente-se ao prazo do exame e faça a diferença no futuro de nossas crianças

o Departamento de Atenção Básica reforça junto aos gestores e trabalhadores do Setor a importância do Teste do Pezinho no período determinado pelo Ministério da Saúde.

Sabemos que o melhor presente para uma criança é seu pleno desenvolvimento, e o exame é capaz de modificar o destino dos recém-nascidos (RN) que nascem com doenças genéticas e ou congênitas sem apresentarem evidências clínicas de enfermidades no momento do nascimento.

Informações reunidas pela coordenação responsável pelo programa detectaram que apenas 43,78% dos RN triados fazem o exame entre o 3º e 5º dia de idade do bebê, período ideal para a realização da coleta. Após o período, o Hipotireoidismo Congênito, a Hiperplasia Adrenal Congênita e a Fenilcetonúria serão tratadas de forma tardia, colocando recém-nascidos em risco.

Além da coleta no tempo estabelecido, é importante haver o empenho da Atenção Básica da busca e encaminhamento da criança para a primeira consulta com o médico especialista dentro do prazo ideal de cada doença de acordo com o quadro abaixo:

o Departamento de Atenção Básica reforça junto aos gestores e trabalhadores do Setor a importância do Teste do Pezinho no período determinado pelo Ministério da Saúde.

Sabemos que o melhor presente para uma criança é seu pleno desenvolvimento, e o exame é capaz de modificar o destino dos recém-nascidos (RN) que nascem com doenças genéticas e ou congênitas sem apresentarem evidências clínicas de enfermidades no momento do nascimento.

Informações reunidas pela coordenação responsável pelo programa detectaram que apenas 43,78% dos RN triados fazem o exame entre o 3º e 5º dia de idade do bebê, período ideal para a realização da coleta. Após o período, o Hipotireoidismo Congênito, a Hiperplasia Adrenal Congênita e a Fenilcetonúria serão tratadas de forma tardia, colocando recém-nascidos em risco.

Além da coleta no tempo estabelecido, é importante haver o empenho da Atenção Básica da busca e encaminhamento da criança para a primeira consulta com o médico especialista dentro do prazo ideal de cada doença de acordo com o quadro abaixo:

Doenças Fenilcetonúria – PKU Hipotireoidismo Congênito – HC Doença Falciforme – DF Fibrose Cística – FC Hiperplasia Adrenal Congênita – HAC Deficiência de Biotinidase – DBT
Parâmetros ideais para 1º consulta 15 dias de vida do RN 10 dias de vida do RN 30 dias de vida do RN 30 dias de vida do RN 10 dias de vida do RN 15 dias de vida do RN
Em caso de encaminhamento fora do prazo ideal de cada doença danos irreversíveis poderão acontecer.

Mais informações em: http://dab.saude.gov.br/portaldab/noticias.php?conteudo=_&cod=2241

Contamos com vocês para diminuir os índices negativos e promover ainda mais a saúde das crianças no Brasil.

Em caso de dúvidas, entre em contato com setor responsável pelo Programa de Triagem Neonatal: (61) 3315-6184.

 

pezinho

Fechar Menu