Espírito Santo confirma primeiro caso importado de sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou, na última segunda-feira (12), o primeiro caso de sarampo no Espírito Santo. Os exames para confirmação da doença comprovaram que uma moradora de Cariacica, que esteve em São Paulo entre os dias 14 e 21 de julho, adoeceu na volta ao Estado. São Paulo tem mais de 900 casos confirmados de sarampo e vários municípios considerados área de risco.

A adolescente, que tem 19 anos, ficou em isolamento domiciliar e os procedimentos de bloqueio vacinal seletivo nas pessoas que tiveram contato com ela foram realizados, além da varredura em cinco quadras no entorno do seu domicílio. A jovem está curada e passa bem.

No Espírito Santo, 63 casos foram descartados dos 66 notificados como suspeitos de sarampo até esta segunda-feira (12). Dois permanecem em investigação e um foi confirmado.

A Sesa acompanha os outros dois casos de pessoas com suspeita de sarampo. Nesta situação, enquanto a investigação está em andamento, foi realizado o bloqueio vacinal seletivo nas pessoas que tiveram algum tipo de contato com os casos suspeitos e o isolamento domiciliar dos mesmos.

A vacina está disponível em todas as unidades de saúde dos municípios.

Caso não lembre se tomou a vacina e não tenha a carteira de vacinação a pessoa deve ir até a Unidade de Saúde para verificar se há registro e se não houver registro, a imunização deve ser realizada.

Confira Calendário Nacional de Vacinação:

http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/calendario-vacinacao

Mais informações 

Fechar Menu